s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Rozelene Furtado de Lima
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
AVE, IRM POESIA!

Cheia de caminhos e tramas
Destacada s entre todas as categorias
Honrado seja o poeta que te proclama
Dedicando seu tempo em tuas fantasias

Ave irm poesia!
No fiques no silncio da clausura
Das estantes dos livros fechados
Vai s ruas e praas leva a cultura
Grita, declama, recita os recados

Ave irm poesia!
Exibe-te, mostre-te e s atraente
Convergindo para ti olhares insistentes
Expe-te nua, sem medo da crtica
Conquista seguidores, s poltica

Ave irm poesia!
Deusa das emoes e dos sentidos
Consolo dos felizes e dos oprimidos
Encadeia ouvidos, bocas e mos
Abraa os poetas teus fiis irmos

A INDIFERENA NA DIFERENA

A diferena se interpe e se faz presente
e chama a ateno fixando sobre si olhares
de rejeio, admirao, inveja ou de azares.
So revelados os sentimentos de quem sente,
implacveis indicadores de rigidez da mente.

O drama individual de cada um exposto,
a rejeio se manifesta no lado do rosto.
Transmitindo a incapacidade de aceitar
a sobrecarga do outro por se diferenciar.
A diferena se interpe e se faz presente!

Experenciar a dor do outro, muda a viso,
desfragmenta conflitos e supera a iluso
de que somos melhores, padronizados,
de um ser mais bem feito, bem acabado.
A diferena se interpe e se faz presente!

Observar a natureza na diversificao
dentro do campo unificado da criao
procurando comparar cada vegetal
brota da viso exata, nenhum igual!
A diferena se interpe e se faz presente!

Vibrao, odores, energia e movimento,
somos sujeitos aos mesmos sentimentos.
Cada detalhe cuidadosamente planejado
para manter o equilbrio lgico, criado...
A diferena se interpe e se faz presente!

Questo para quem quer mudar de crena
sem hesitar, deixe a indiferena na diferena.
Dissipar resduos de indignao e refletir:
ser diferente ser rea de luz para o amor fluir!
A diferena se interpe e se faz presente!

MULHER

Deus te fez mulher
Deu a ti o dom da vida
Ps em ti luz e cor
Delineou a tua silhueta
Na forma do amor
Tu mulher, s responsvel
Pelos seres que nascem
So teus filhos, teus frutos
Dceis ou brutos
So teus filhos teus encantos
Por eles derramas teu pranto
Culpam a ti pelas dores tambm
Pelos erros e escorregadelas
Pelas piegas e mazelas
So teus filhos teus bens
Por eles rezas e imploras
Por eles pedes e dizes amem!
Mulher que canta
Mulher que encanta
Mulher que dana
Mulher que faz aliana
Namorada, esposa, me, filha
mulher desperta, acorda!
O mundo teu, tu s a rainha
O milagre em ti transborda
Toma posse da tua parte divina.
Coragem mulher, tu s herona
Salva teus filhos pequeninos
Amamenta teus rebentos meninos
Com eles brinca, educa, ensina
Embala o bero mulher menina.
Mulher estrela guia, no ests sozinha.
Atrs de ti uma multido caminha
So teus filhos tuas razes
Ramos de todos os matizes
Teus deveres no negues
mulher no entregues
Nem leiloes para quem quiser
O papel que s teu
Ser somente mulher!

biografia:
Rozelene Furtado de Lima
- nascida em Terespolis/Rio deJaneiro/ Brasil em 31/05/1947. Casada, tem dois filhos. Formada em Biblioteconomia e Documentao. Professora, Bibliotecria, Escritora, Poeta. Fez Teatro Infantil. Defensora da natureza. Dedicou sua vida educao e aos livros. A paixo pela literatura vem desde a infncia. As primeiras poesias foram escritas na pr-adolescncia. Como escritora participa de vrias Antologias, e Coletneas. Junto com dois irmos: Roberto da Silva Furtado e Rosley da Silva Furtado, lanou em julho de 2006 o livro Banquete de Idias que fala de memrias da famlia Furtado. Membro efetivo da Academia Virtual Brasileira de Letras - AVBL- . Publicou em 2008 o livro de poemas 'No Limiar Sex' que tem como objetivo, marcar a entrada da autora na era 'SEX' [de sexagenria]. Participou da 20 Bienal Internacional do livro em SP. em 2008. Associada a REBRA-Rede de Escritoras Brasileiras. Artista Plstica faz quadros com flores desidratadas e esculturas com razes.

COMO COAUTORA
. SESC/Terespolis - ANTOLOGIA CAMINHOS E CAMINHANTES [poemas] - 'FOSSA', 'BUSCA', 'COISAS QUE NO TE DISSE', 'ORAO DO SCULO XX', 'O SENTIMENTO DO VCUO' - 1973
.
. ACADEMIA IRAJAENSE DE LETRAS - com o poema 'PRISIONEIRO DA INVEJA' Meno Honrosa - 2008
.
. AVBL - com poemas na 3 Antologia Potica 2007 -' TU ESTS EM MIM', 'PEDIDO URGENTE' e 'QUANDO EU FOR' - 2007

. AVBL - 4 Antologia Potica Edies Histricas - POEMAS 'DOA-SE', 'PONTO DE ORVALHO', 'ANELZINHO DE CAPIM', CANTA SABI' E SAPATILHA DE PONTA - 2008

. AVBL - 5Antologia Potica Edies Histricas - Poemas: AVE, IRM POESIA', 'MULHER', 'NO CONFIEM NOS POETAS', 'NO QUERO FALAR DE AMOR' E 'CLASSIFICADOS DE ESQUINA' - 2009

. AVBL - E-book Ensaio Potico: A Vida Como Ela - com poema 'DEIXE A VIDA PASSAR' - 2008

. CBJE-50 ANTOLOGIA DE POETAS CONTEMPORNEOS - poema 'CORAO FAMINTO' - 2008

. CBJE-53 ANTOLOGIA DE POETAS CONTEMPORNEOS - EDIO COMEMORATIVA - com o poema 'A INDIFERENA NA DIFERENA' - 2009

. CBJE -54 ANTOLOGIA DE POETAS CONTEMPORNEOS - Edio Comemorativa com o poema 'TRS MANIAS' - 2009

. CBJE- 55 ANTOLOGIA DE POETAS CONTEMPORNEOS - Edio Comemorativa com o poema: 'A LTIMA ESTAO' - 2009

. CBJE- 57 ANTOLOGIA DE POETAS CONTEMPORNEOS - Edio Comemorativa com o poema - 'AMIGOS' - 2009

. CBJE- 58 ANTOLOGIA DE POETAS CONTEMPORNEOS - Edio Comemorativa com o poema - 'A LGRIMA DA RAINHA' - 2009

. CBJE-OS MAIS BELOS POEMAS DE AMOR - com o poema 'D-ME MAIS UMA CHANCE' -2009

. CBJE - LIVRO DE OURO DA POESIA BRASILEIRA - com o poema 'SEM MOLDES' - 2009

. CBJE - SENSUALIDADE EM PROSA E VERSO - com o poema 'O NOME PRAZER' - julho - 2009

. CBJE - CONTOS SELECIONADOS DE AUTORES PREMIADOS com o conto 'MO PELADA'- 2009

. CBJE - LIVRO DE OURO DO CONTO BRASILEIRO - com o conto ' SOGRA SOGRA'- 2009

. CBJE-CONTOS SELECIONADOS DE NOVOS AUTORES BRASILEIROS - com o conto 'SINISTRA' - 2009

. CBJE - MINHA TERRA MINHA GENTE - CRNICAS SELECIONADAS- com a crnica 'SE ESTA RUA, SE ESTA RUA FOSSE MINHA' - 2009

. CBJE - CONTOS DE OUTONO - CONTOS DE AMOR E DESAMOR com o conto 'TODINHA MARCADA' - 2009

. CBJE - AUTORES BRASILEIROS DO III MILNIO - CONTOS SELECIONADOS - COM O CONTO ' A MATILHA' 2009

. Na 1 PRATELEIRA POTICA E BIOGRFICA - da ABRACI - Associao Brasileira de Apoio Cidadania- com os poemas :' SER INTELIGENTE' e 'APLAUSOS'- 2008

. Na Coletnia do 2 Concurso da ABRACI com apoio da Academia Brasileira de Letras - ABL - 'EM ALGUM LUGAR EST MEU MELHOR'-2008

. IV ANTOLOGIA POTICA 'Vozes do Ao' - 2009 Poemas: 'A LGRIMA DA RAINHA' e 'MEU PSSARO'

. 4 ANTOLOGIA LETRAS DE BABEL- abril 2009 - ABRACE- MOVIMENTO CULTURAL Brasil-Argentina -Uruguai -POESIA MULTILNGUE- com os poemas: ' SEGREDOS DO VENTO'; 'QUEM VOC'; 'QUERO ESCREVER UM POEMA'; 'ESPELHO, ESPELHO MEU'

. NOUS LES FEMMES DU BRSIL - Oficina do livro -2009 - lanado em maio - Paris - com os poemas: 'FEMME'; 'DGUISEMENT'; ' TRE MRE? QUOI BOM?'

. ANTOLOGIA DE POEMAS - PALAVRAS VELADAS -Ed.Andross 2009- Poema 'Joelhos Dobrados'

. IV Antologia Internacional de Mulheres Escritoras -Hoje Edies -2009 com os poemas: 'MANDALA DA VIDA' e ' PRISINEIRO DA INVEJA'

. Classificada no Concurso Global Plurilingustico e Multimedial XXV PRMIO INTERNACIONAL DE POESIA NSSIDE - Calbria-Itlia - 2009 com o poema 'ME POESIA'

rosifur@terra.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s