Poetas Del Mundo Poets of the world
Our Poets & Artists Talented, Credentialed & Creative
Our Readers A wide diverse audience
Help & Support Call us: +56 9 8811 6084
0 0
Nita Ferreira  [Cónsul - Viseu]

Nita Ferreira [Cónsul - Viseu]


Nationality: Portugal
Email:

Biography
No espaço

No espaço
vagueiam sílabas
tanta palavra esquecida
largadas foram em voo
quando eram rima e poema
Hoje aves de asa ferida
quero abraçar cada uma
juntá-las numa canção
mas frágeis e moribundas
quase perderam a vida
e acenam-me que não

Nita Ferreira

Não me procurem

Não me procurem na mortiça luz
Das estrelas quase agonizantes
Mas no calor que meu peito produz
Entre mil cicatrizes soluçantes

Não me procurem nas noites pagãs
Eu afloro só nas madrugadas
Que me acendem de fulgor manhãs
E me agitam vontades redobradas

Não me procurem nas nuvens cinzentas
Nem nas chuvas tristes, lamacentas
Mas na luz dos olhos já enxutos

Que minh'alma, altar sacrificado
Cultiva campos de trigo doirado
E pomares de saborosos frutos

Nita Ferreira

Nos teus olhos de água

Nos teus olhos de água
dissolvem-se as trevas
e desponta um luar
branco e fervoroso
que enleia o meu ser
em círculos de vento
sem mais um gemido
ou mísero lamento

E abrem-se as pálpebras
cerradas no tempo
evaporam-se as lágrimas
de fétidas crenças
e defuntas esperanças
em azuis mortalhas
Carcomidas rosas
Cobardes navalhas

E o peito magoado
incendiado ao luar
leva meu corpo inteiro
a serpentear
em volúpia cega
estonteantes danças
e refulgidas esperanças
nos círculos do vento

De Ravel um bolero
mais um tango brejeiro
de Strauss uma valsa
mais um samba sem fim
insano frenesim
sem mais um gemido
ou mísero lamento
sem um dó sustenido
perdido no vento

Nos teus olhos de água
me encontro perdida
e me perco encontrada
nesse luar branco
onde sou luz desaguada
quedo-me e transbordo
e feneço rendida
ensaiando outra dança
fénix de esperança
e rodopio ...
... a vida

Nita Ferreira

Algumas notas biográficas:

Nita Ferreira
, nascida algures por Viseu, Portugal, esse belo cantinho à beira - mar plantado, num abrasador mês de Agosto.
Profissão, professora, a mais linda profissão do mundo, outra não poderia ter, pois o melhor do mundo são as crianças.
Põe a alma em tudo o que faz; o peito aberto às lanças; só correndo riscos se constroem coisas.
Vive e respira a poesia com alma e tem a alma em poesia, sempre.
Considera que a poesia é um modo de ser e estar nesta caminhada pela vida, uma arma para fazer do mundo um lugar mais belo!

nitaferreira59@hotmail.com
No record found.
No record found.
No record found.
Comments