s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Admilson Matias de Lima
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
admilson.mattias@gmail.com
Biografia

Admilson Matias de Lima

Admilson Matias de Lima (Dimy), nasceu em 8 de novembro de 1979, de Juazeiro do Norte/Ce, Brasil. É contador, escritor, musico, desenhista,  compositor e poeta, desde cedo teve o gosto por musica, literatura e livros. Começou a compor musicas logo que iniciou seu aprendizado com o violão. Em 2007 com incentivos de alguns amigos começou a divulgar em seu blog textos, poemas e musicas que escrevia desde 2004. Com o crescimento das redes sociais no passar do tempo, o blog deu lugar a pagina na rede social Facebook, intitulada "Por que se eu não escrevesse por certo morreria", contendo poemas feitos tanto em parceria como individuais. Hoje divide o tempo entre o trabalho, a musica, seus escritos e seus desenhos...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Término

Tudo que passei

Veio à mente

Nebulosas e confusas lembranças

Sentimentos variados

De todo meu cerne

 

Tudo que passei

Tudo que me foi oferecido

Diante dos meus olhos

 

Perdendo os sentidos

Destruído

Prestes a cair

Nenhum refúgio me salvara agora

 

A escuridão me toma

Posso sentir ela me rondando

Minhas orações não me salvarão

O fim me é dado

A derrota

O pérfido e triste fim.

 

O que sinto,

é só a fria

lâmina da espada

a deslizar

por entre as entranhas

no meu corpo...

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

La Prisión

Solidão
Está sempre comigo
é minha parceira junto à escuridão
Escuta meus versos cuspidos 
de raiva nessa prisão
Clamando por algum tipo 
de libertação

Sonhos, delírios...
me afundo no caos
Não volto mais...
Não!

Confusão
Meus dias se acabam 
ser em pedaços
respirando a dor
é só lamentação

Sou próprio deserto
enclausurado nessa prisão
Com sonhos roubados
desfalecendo
já derrotado
Não tenho escolha...
Não!

Inquietação
Sem mais saída
me entrego a essa vida 
de privação

O sol não nasce
me perco no tempo
Minha mente 
e o meu corpo já não 
aguentam mais...

Não!
Não!

Admilson Matias

* Texto que virou musica, inspirado em depoimentos de alguns sobreviventes de cárceres durante a primeira e segunda guerra.

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Jazer

Aqui jaz
Um coração em chamas
o brilho intenso dos olhos
um possível charme de outrora
os sonhos já findados
a coragem para escrever.

O entusiasmo
junto de toda musicalidade
deixo o escuro e o silencio 
preencherem todo o espaço.
deixo-me acabar
o fim.

Admilson Matias

 

 

 

https://www.facebook.com/Por-que-se-eu-n%C3%A3o-escrevesse-por-certo-morreria-373215562707777/

 

 

 

 

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s