s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

ADAUTO BECKHAUSER
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
adauto@advbeckhauser.com.br
Biografia

ADAUTO BECKHAUSER

Nascido em Tubarão – SC, em 29 de julho de 1944.

Funções exercidas:

- Professor Adjunto IV aposentado pela Universidade Federal de

Santa Catarina.

- Professor Universitário do Curso de Pedagogia de Joinville, na

Associação Catarinense de Ensino.

- Professor Universitário da UNISUL.

- Diretor de Escola Secundária da Rede Estadual.

- Professor da rede estadual e particular de Ensino Médio.

- Atualmente presta Assessoria Jurídica para grandes Empresas da

Capital e de todo o Estado de Santa Catarina , desde o ano de 1975

até a presente data. Atuante nos Tribunais de 1º e 2º grau, na

esfera Federal e Estadual.

- Presidente de Honra- AFABE – Associação da Família Beckhäuser no Brasil

(2001

- Presidente da Academia de Letras de Biguaçu (Triênio 2010 –2013)

 

Formação – Graduação Superior:

- Filosofia pela UFSC, Florianópolis -SC

- Pedagogia pela FUMBA, Bagé -RS

- Direito pela UFSC, Florianópolis -SC

 

Pós-Graduação - Especialização:

- Mestrado em Direito Tributário pel a Universidade Federal de Santa

Catarina.

- Tecnologia Educacional pela Universidade Federal de Santa

Catarina.

- Cours de Langue Française Heures – Universite Catholique de

Belgique – Institut des Langue Vivante – Belgique (Bélgica).

 

Curso CAPES:

- Português, registro de professor de 1º e 2º grau.

- Desenho, registro de professor de 1º e 2º grau.

 

Doutorado:

- Doutorando “Doctorat spécial em Droit, Faculté de Droit –

Université Catholique de Louvain -la- Neuve – Belgique”.

- Doutorando em Direito pela Universidade do Museu de Buenos

Aires - Argentina, em convênio com a UNISUL.

 

Trabalhos realizados:

- Dissertação de Mestrado: Sistema Jurídico Estatutário X

Consolidação das Leis do Trabalho.

- Tese: Le Regime Juridique de Funcionaire Publique Bresilien e

Belgique (Etude Comparative du Statut Juridique du

Fonctionnaire Public Dans le Droit Bresilien et Dans le Dr oit Belge.

- Tese: A Prova no Direito Civil Brasileiro.

- Publicação Livro: História d a Família Beckhäuser no Brasil.2007

- Publicação Livro: Sonho, Sonhado e Realizado. (Em português e

Alemão) - 2012

- 1862, A Saga da Família Beckhäuser no Brasil, desde a vida de

Johann Karl Beckhäuser - 2013

- O Auto da Imigração Alemã - Em português e Alemão –2013

 

 

Extraidas da obra: “Sonho, Sonhado e Realizado”

 

 

Como folhas levadas pela força do vento

150 anos da chegada ao Brasil
Johann Karl Beckhäuser

A Fuga  da miséria salva os descendentes
Da morte nas duas grandes guerras.
Busca  um lugar tranqüilo no Brasil para família viver.
E  navegou no sonho desconhecido. 
E salvar os seus  é mais forte do que ficar.

A grande porta aberta  do passado,
Onde as recordações pregadas  no muro
Das lembranças, passam a voar
Como folhas, a beijar o presente.

Folhas, folhas, voam e voam.
Voando sem parar
Trazendo em seu bojo.
O passado tão e tão distante.

Beijando o presente como se
Beija-flor fosse sugar o néctar do passado,
Transportando ao presente,
Fixando no ar as lembranças.

O Beija-flor paira no ar, avança e avança
Deposita  as lembranças fixadas no muro
Das recordações  de 150 anos da emigração
Para a família Beckhäuser reviver.

A força de partir, partir e partir
Sem ao menos pensar em voltar,
Busca no sonho uma vida melhor
Impulsionado pela garra de alemão. 

Que decisão! Nem a tristeza da partida
E nem as lagrimas dos pais e amigos,
e a perda da cidadania
O impediram de parar em navegar
Em seu sonho de partida.

Busca na garra de alemão, forças
Forças de partir ou   partindo
Para fuga da miséria
E salvar os seus  é mais forte do que ficar.

Nem mesmo a gravidez de oito meses da esposa
Nem mesmo o choro  e lagrimas
O impediram de partir partindo
Navegando no sonho desconhecido. 

Sonho, sonho, sonhado em noites e dias
Salva  os descendentes não só da miséria,
Mais da morte nas grandes guerras,
Busca  um lugar tranqüilo no Brasil para família viver.

Johann Karl Beckhäuser alemão de garra.
Homem de fé, de esperança e coragem,
Os 2.700 descendentes  são  orgulhos e
Felizes pelo sonho sonhado  e realizado no Brasil.

 

 

No navio

 

E agora Johann Karl Beckhauser...

Na viagem nasce o filho Karl,

Pequeno e frágil.

Mãe se convalescendo do parto,

Num mundo novo e desconhecido.

 

Forças e forças buscas e

Não esmorece.

No Brasil as tuas forças se multiplicam,

Além de duas filhas agora mais um a sustentar.

 

Nada fácil sustentar um sonho,

Sonho este se realizando.

Buscas ao olhar para traz

A vontade e continuar.

 

Neste novo horizonte que

Se descortina com esperança

De plantar o sonho de sobreviver.

Embora, nem pensar em recuar.

 

O sorriso sempre estampado em seu rosto

Leva a esperança em seu olhar.

Antes, distante e agora real.

Se amparando na mão da Esposa amiga.

 

  

No Brasil

 

E agora Johann Karl Beckhäuser,

Pisa no desconhecido e busca no nada

Algo a se amparar e olha, olha e olhando

No nada, o olhar se enche de lágrimas.

 

Lágrimas de uma vida nova,

Lágrimas do último aceno,

Dos parentes que lá deixou.

Lágrimas e lágrimas a escorrer pelo rosto.

 

Rosto a estampar apreensão,

Enxuga as lágrimas e imagens

Do sonho sonhado a realizar,

Surge como raio dando forças a continuar.

 

Toma em seus braços o filho recém-nascido.

Traz junto a si as duas filhas Philippine e Izabel,

E num abraço forte se aproxima do leito,

Onde sua esposa ainda se encontrava.

 

Olha Elizabeth Kropp, agora somos cinco.

Coloca os três junto à mãe no leito,

E num abraço forte se junta à esposa

E pede forças para realizar o sonho.

 

E lágrimas e lágrimas agora de alegria,

Alegria pelo recém-nascido Karl Eduard,

Alegria, alegria por sentir o apoio da esposa

Que se expande em todos que a volta se encontravam.

 

Três dias após o nascimento de Karl Eduard

Toma novamente em seus braços,

E toda a família deixa o navio que trazia o sonho

E se dirige ao consulado belga.

 

Dá ao seu filho o nome de Karl Eduard Caesar

Em homenagem ao Capitão Eduard,

Navio Caesar de Bandeira Belga, que trazia o sonho,

Marcando gesto de gratidão de um grande homem.

 

 

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s