s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Moyses Barbosa
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
conselho@apastormoysesbarbosa.com
Biografia

Moysés Barbosa

Moysés Barbosa é Jornalista, Professor, Poeta, Escritor, Advogado e Bispo, sendo que de ministério está completando 49 anos em janeiro de 2015. Começou em 1964 como Capelão Militar (Exercito Brasileiro), depois Evangelista/Conferencista, Educador Religioso, Pastor e desde 03/01/09 Bispo. Em 2009 completou Jubileu de Ouro de Poesia, comemorado com o livro POESIAS:AS MELHORES DO JUBILEU DE OURO, lançado em 24/11/12.

Como escritor e premiado como DIAMONDS POF ART AND EDUCATION (VIENA-AUSTRIA),  “MELHOR DA POESIA E LITERATURA E ARTES PLÁSTICAS, COM FAIXA E MEDALHA QUALIDADE OURO - 2013”  pela FEBACLA, EXCELÊNCIA LITERÁRIA (Rosário - Argentina), Pena de Ouro, e está presente em inúmeras antologias, tem quatro livros solo publicados: SOLIDÃO-POESIAS editado em 1970; REDAÇÃO MODERNA (didático – 1975) e  em 2012 publicou LITURGIA CRISTÃ (obra religiosa) e POESIAS: AS MELHORES DO JUBILEU DE OURO, sendo que seus trabalhos estão no Facebook e em dezenas de páginas literárias na internet (Café História, Portugalmaresias, VAEBRASIL, Portal CEN-Cá Entre Nós (Portugal), Confrades da Poesia e na página ministerial que mantém: www.pastormoysesbarbosa.com  - O Jubileu de Ouro de Poesia transcorreu em julho de 2009.

É Doutor em Divindade, Doutor em Direito Canônico, Doutor em Evangelização Integral e Doutor em Ministério de Ensino, entre outros títulos eclesiástico-ministeriais do Brasil e do exterior.

É Magnifico Reitor do Seminário Teológico Centro-Fluminense (Rio de Janeiro) e Presidente do Conselho Nacional de Pastores Evangélicos.

No Estado do Rio é Vice-Presidente da Sétima Igreja Batista de Três  Rios, Pastor Emérito da Segunda Igreja Batista de Carmo e Assessor Jurídico da Ordem dos Pastores.

Moysés Barbosa é brasileiro (descendente de italianos e portugueses), nascido em 15/02/44 (Rio de Janeiro), casado há 43 anos com Dra. Ivanir Maria Belisário Barbosa, advogada, tem três filhos maiores, nora e uma neta.É aposentado do Poder Judiciário do Trabalho, um semeador de paz e  justiça e sempre foi dado a ajudar as pessoas sem pedir nada em troca (principio religioso). No Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix (France/Suisse) e recebeu o titulo de Embaixador Universal de Paz. Possui muitas titulações especiais que estão expostas no seu site.
Entre outros, possui os seguintes Prêmios Poético-Literários: Carlos Drummond de Andrade, Fernando Pessoa, Olavo Bilac, Luis de Camões, Jorge Amado, Olga Kapati, Troféu França Brasil (Paris), Troféu da Sabedoria, SESC-RJ, Menção Honrosa do Clube dos Trovadores Capixabas, titulo de Doutor Honoris Causa em Poesia Barroca expedido pelo Conselho Euro Latino Americano de Escritores, mantido pela Universidade Emill Brunner, de Brasilia, e inúmeros troféus e medalhas. Já recebeu homenagem da Academia de Letras do Brasil e da Academia Ecumênica de Letras de Lisboa. Representante do Brasil no Movimento Internacional dos Paises de Lingua Portuguesa, em Portugal.. Recbeu Medalha Castro Alves, Diamante das Artes e Educação (Austria), Excelência Literária (Argentina), Poeta de Ouro, Melhor da Poesia e Literatura, entre outros.


Este poeta abraçou como missão apoiar os mais novos, em especial os que iniciam suas carreiras literárias agora e dá um conselho àquele que se lança à arte de escrever: ler muito, perseverar e acreditar que tem talento e pode chegar onde deseja e até ser surpreendido com um rápido reconhecimento.

É Senador Honorário da FEBACLA, Presidente de Honra dos Acadêmicos Teólogos do CONAHCLA,  Cônsul da Real Academia de Letras, e acadêmico imortal de cadeira patronímica perpétua em inúmeras Academias de Letras, no Brasil e no exterior. Delegado da ACLA-MG  e da Academia Fluminense de Letras no RJ. Em Portugal recebeu o titulo de Conde. E no Brasil o de Duque. Na Academia de Letras do Brasil é imortal da cadeira 24. Na Academia de ARtes, Ciências e Letras de Iguaba Grande (RJ) é imortal da cadeira 48.

 Endereço: Rua Ademar Santana de Lima, 330 – Bairro Gulf – Comendador Levy Gasparian (RJ), CEP: 25870-000 – BRASIL - Tel. (024) 2254-1307 – (024) 9 9963-8075

EMAIL: conselho@apastormoysesbarbosa.com

SITE: www.oastormoysesbarbosa.com

(neste site tem tudo sobre Dom Moysés Barbosa)

(coloco meu site à disposuição)

 

 

POESIAS

ALIMENTO ESPECIAL

 

Estou faminto, todos podem ver

De nada valem, frutas, carne, pão

Assim meu corpo vai murchando

E não adianta prece ou oração

 

Na cama estou, cruel enfermidade

Tornando minha vida sem sentido

Nenhum valor tem uma receita

Acho que sofro de coração partido

 

Estou desesperado, estou sedento

Mas luto bravamente pra viver

Na drogaria não tem o que preciso

Lá tem água, não consigo beber

 

O médico diz: te falta é nutrição

O prato está aqui, é só comer

Mas nada passa na minha garganta

Meu apetite é vontade de lhe ver

 

Meu mal não tem nome definido

Mas é muito antigo, isso sei dizer

A sua presença será a minha cura

Eu só me alimento de você

 

Restaurado sairei daqui sem maca

Para as fruteiras, hortas e trigais

Não em busca de coisas pra comer

Pois com você só digo quero mais

 

Depois de cada refeição que faço

Em qualquer lugar, não uso a mesa

Fico saciado, a fome então eu mato

Dê-me um beijo, é a sobremesa

 

 

VENTO AMIGO

 

Para que serve o vento, perguntaram
Faz as palmeiras todas balançar
E seca as roupas estendidas no varal
Entra na janela, beija as cortinas
Sacode as ondas ao soprar o mar
Às vezes faz barulho colossal

 

Faz mover os moinhos de vento
E também produz muita energia
Roda o cata-vento do menino
Impulsiona as embarcações à vela
Sem ele eu nem sei como seria
Assim  suporto sua zoeira de felino

 

Mas para mim bastaria uma função
Dentre todas estas que mostrei
É aquela que atende aos meus apelos
Em alguns  momentos de suavidade
Se aproxima, isso até já virou lei
E me ajuda afagar os teus cabelos

 

 

 

DEUS É O AUTOR

 

 

Se na terra, escritor, eu faço poesia

é que do  céu Deus me dá inspiração

quando no passado eu a lápis escrevia

Ele o movimentava com a Sua mão

 

 

Hoje me achego ao computador

Para abordar meus temas preferidos

Ele vem e entra no meu coração

Ponho meus dedos, Ele aciona as teclas

Faz-me esquecer dos tempos sofridos

Como agradeço em momento de oração

 

 

Muitos dizem que sou bom escritor

Mas na verdade sou eterno aprendiz

A obra é minha mas de Deus é a autoria

E é por isso que fala de amor e  paz

E quando do Santo Evangelho ela diz

É para trocar um choro por alegria

 

 

Não quero ser dono dos meus versos

Pois és tu, Senhor, que fazes para mim

Continue como foi com o profeta Moisés

Ditando-lhe as palavras, e repetindo

Talvez um dia serei o autor, poeta, enfim

Para contar em versos o quão bondoso és.

 

AUTOR: DOM MOYSÉS BARBOSA (2010)

XXXXXXXXXXXXX

Forte Abraço. Deus abençoe a todos.

Dom Moyses Barbosa – escritor, poeta e bispo

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s