s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Jlia Ba Schmitt
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

DESPEDIDA
Júlia Baú Schmitt

É muito difícil a despedida
de uma pessoa muita querida
a quem lhes damos a nossa vida
para vê-la alegre e feliz.
É muito difícil a despedida
de alguém amado e querido
que nunca nos deixou sozinho
na vida, alguém que sempre
encontramos pelo caminho.
É muito difícil a despedida
mesmo que não mais goste muito dela,
embora, numa determinada época,
ela tenha sido importante para ti.
É muito difícil a despedida
de uma linda amizade
regada de muitas brincadeiras
e piadas descontraídas,
que durou apenas uma semana.
É muito difícil a despedida
de uma avó muito legal que,
há algum tempo partiu, deixando-nos
lindas e doces lembranças.


SE EU PUDESSE SER CRIANÇA OUTRA VEZ...
Júlia Baú Schmitt

Se eu pudesse ser criança outra vez,
talvez, fosse uma menina mais falante
e simpática com as outras pessoas;
abrindo-me mais para o mundo
e, assim, ele também se abrindo para mim,
tendo, eu, mais autonomia para me cuidar,
não precisando de alguém
que me mande fazer coisas que já sei de letra.
Se eu pudesse ser criança outra vez,
teria muitos e muitos amigos
e não implicaria com meu irmão,
sendo sua grande amiga e confidente.
Se eu pudesse ser criança outra vez,
daria mais valor aos brinquedos ganhos
e não ficaria pedindo novos brinquedos,
porque os outros os tinham ganho.
Se eu pudesse ser criança outra vez,
procuraria ser mais comunicativa
e não ficar sozinha pelos cantos, esperando
que alguém viesse me fazer companhia.
Se eu pudesse ser criança outra vez,
trocaria de escola ainda no maternal,
vindo direto para o Conhecer,
Colégio que valoriza a nossa autoestima
e que dá muita atenção às crianças
com dificuldades de aprendizagem.
Assim, eu, certamente, faria amigos
com mais naturalidade e facilidade.
Se eu pudesse ser criança outra vez,
consertaria todos os meus problemas
e erros de criança para ser alguém mais feliz.


SONHOS DE VERÃO
Júlia Baú Schmitt

Quando chega o verão,
todos ficam alegres,
pois é hora de pegar sol todo dia,
mostrar um corpo todo bonitão
e convidar as amigas
para curtir uma festança.
Quando chega o verão,
não pensamos em mais nada
a não ser ir à praia encontrar a galera;
festar e bater papo até amanhecer.
Quando chega o verão,
os corpos flutuam
como senão houvesse chão.
Entre as nuvens um olhar caliente
cheio de imaginação, tornando os sonhos
bem mais interessantes
e o verão mais excitante.
Quando chega o verão,
todas as preocupações passam
num piscar de olhos,
deixando apenas o sabor
e as lembranças de um gostoso verão.

Biografía:
JÚLIA BAÚ SCHMITT
nasceu em 2 de julho de 1991, em Porto Alegre/RS. Filha de Simone Baú Schmitt e Lio Cezar Schmitt Júnior. Estudante. 1ª Secretária e Acadêmica Fundadora e Efetiva da ALMA - Academia de Letras Machado de Assis, de Porto Alegre/RS, Cadeira 5, Patrono: Monteiro Lobato; Acadêmica Mirim da AVSPE; Membro Efetivo do Clube Infanto-Juvenil \'Erico Verissimo\', da Academia de Artes, Ciências e Letras Castro Alves, de Porto Alegre/RS; e, da Liga dos Amigos do Portal CEN, de Portugal. Começou a escrever, em 2006, na 8ª Série do Ensino Fundamental, por influência da Professora de Português. Seu primeiro Poema foi \'Manta de Retalhos\', publicado no site \'Jardins de Poesia\'. Desde 2007, tem participado de promoções literárias da AVSPE; \'Cirandas Literárias \', da escritora Manuela Silva Neves; dos \'Elos com Amigos\', da escritora Socorro Lima Dantas; e, da Revista \'A Gruta da Poesia\', do Portal CEN. É co-autora dos livros \'Olhares - Crônicas Escolares\' e \'Palavras, A Linguagem da Vida\', publicados pela CBJE, do Rio de Janeiro/RJ. Em 2008, recebeu a Medalha \'Machado de Assis\'/RJ, pela participação no livro \'Olhares...\' e, em 2009, a Medalha \'Antoine de Saint-Exupéry\'/RS, e, o Troféu \'Dom Quixote\'/SP, pela participação no livro \'Palavras.
Porto Aelgre - RS

juliabauschmitt@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s