s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

JORGE LUIZ DE NAZARETH FERNANDES
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
LIBERDADE

Liberdade que tanto quero
Liberdade que tanto espero
Liberdade
Liberdade

Liberdade de falar o que se sente
Sentindo liberdade de ser nascente e poente
Brilhar e escurecer
Sem medo de ser Liberdade

Liberdade de amar simplesmente
Podendo ser feliz em poder ir
sentir os ps no cho e no cu.

Liberdade que dou
Liberdade que amo
Liberdade que sou, Liberdade

Minhas Asas

Tirou-me o canto e o manto
Nem percebes que no mais canto
E sinto frio e sinto espanto e tremor
No h beleza, nem movimento, nem cantor.

De tanto me veres e comparar-me a outros seres
Resolve-se por libertar-me
E nem percebes que a liberdade j no me serve
Que o vo no me pertence

Trajetria
Vi um pequeno raio de luz encher os meus olhos de
encantamento
E, nesse momento, lento, percebo o seu
singelo mover.
A luz se fez costume e percebi, no instante em que se fez
figura, roubando de uma gota d'gua o brilho de simplesmente
existir.
Dela se fez um espelho a refletir o prprio esplendor, at
que a flor que a abrigava, moveu-se.
Assim, percebi sua ingnua trajetria evaporar-se e ferir
o meu corao de breve saudade.

biografia:
JORGE LUIZ DE NAZARETH FERNANDES

Sou estudante do Curso de Letras Portugus/Ingls na Universidade Paulista, escrevo crnicas e curiosidades em alguns blogs. Inclusive, estou preparando um de poemas meus que j pode ser visitado:

http://jorgelunafernandes.blogspot.com

jorgefernandesrj@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s