s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Franciely Sampaio
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
A Donzela

A vida dela tem sido
Como poeira debaixo de porta:
Nunca sabe quando algum vai sair!

Enquanto espera
Faz pena a coitada
Chora como condenada
Por saber que amada no era

E quase sempre fizera
Aquela mesma empreitada
Debaixo da porta empoeirada
Sair por a no pudera

Mas um dia, quimera,
Teve uma idia, a danada:
Vou sair por a disfarada
Fazer como fez a Bela

Oh! Pequenina
Cheia de Sonhos

Mal sabia o que lhe esperava
Por um deles foi enganada
E por estar to magoada
Apenas suspirava!

No quero mais sonhar, dizia ela.
Pobre desgraada!
Por causa dele se sentia um nada
Esquecendo-se que era uma Donzela.

De l ela nunca mais saiu.
Com medo de sofrer de novo
Sua vida havia virado um ovo
E amor por algum, no mais sentiu!

Franciely Sampaio

A VIDA...

A vida uma mistura de cores e sons
Alegra no peito as feridas
E chora os perdidos afs.

fuso de dom e arte
Que esconde os medos
E deixa as tristezas parte.

a fora de amar sem medidas
Supera at mesmo partidas
E com o mundo no tem segredo.

a forma mais transparente
A face do medo da gente
Que nunca se deixa abater.

a demonstrao de amor do supremo
Que cuida dos mnimos detalhes
E deixa dvida na cabea dos pequenos.

A vida nada mais do que Deus em ao
Que cuida da realidade do mundo
E do nosso corao.

tudo que se precisa
E a no ser o que Ele determine
Nada, nunca se minimiza.


Eu adoro te Amar!

Eu adoro te amar!
Eu sei que nunca iremos alm...
Tudo isso por culpa de algum
Mas mesmo assim, eu adoro te Amar!

Pensando em voc que o meu acordar
Tudo fica florido
Que sorte esse meu amor bandido
Mas eu s sei te lembrar.

A vida me faz cantar
Versos abandonados, mas belos
Inocentes, sinceros
Que esperam voc os acompanhar.

Quando voc vai me notar?
O tempo vai passando e no se v
Em nada de novo pode se crer
E da comea o meu lamentar!

Tudo podia ser diferente, comeo a pensar.
S que mesmo no sendo meu voc est ali
Gostaria muito que estivesse aqui
Mas me contento s em te olhar.

Um dia voc ir me amar
Eu sei... Est escrito
Pois esse amor to bonito
No poderia assim se apagar.

Eu prefiro sonhar...
melhor do que viver em pranto
Pois o meu amor tanto
Que continuarei a te esperar!

Por isso eu adoro te amar
Apesar de todos os dilemas
Conflitos comigo mesma, problemas
Eu continuo a te admirar.

Voc passou a me olhar
Acha que eu no notei?
Sabe quanto tempo esperei?
Cheguei at a te ambicionar!

A nossa situao vai mudar
s dar uma chance pra mim
Garanto que no vai ser ruim
Vamos nos entregar!

Eu adoro te amar!
E voc vai sentir o mesmo
O amor vem vindo a esmo.
Voc vai me acompanhar!


Biografia.
Franciely Sampaio
nasceu em 16 de janeiro de 1992, comeou a carreira artstica no espetculo Melissa, a fadinha trapalhada [2006] de Fbio Aiolfi. Mesmo na carreira de atriz, sempre gostou da poesia, e comeou a escrever. Publicou algumas poesias em jornais.

Aracruz- ES

Lulypaixo-14@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s