s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Jssica Eleodoro
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Inocncia

Inocncia pureza da alma, do esprito, do ser.
clarividncia, de fatos e atos.
Inocncia plenitude do dom divino
que me veio do bero.
Maculada na originalidade do ser vivente,
descrente e impaciente da verdade, da inocncia.
Inocente o no culpado,
do ser imaculado, difcil de ser.

VAGALUME

Vaga, vagalume vo,
que sem perfume, sem odor qualquer
reluz num corpo de mulher.

Brilha na noite, qual chama ofuscante
reluz no ar.
Me traga o trago do amor
o sabor da vida iluminai.

Vaga, vagalume, me leve ao lume,
me lave, me leve a escurido.
Na volta, deixe-me na solido,
realidade de vida.

Quero viver, respirar, brilhar tal como voc.
Inseto insensato, mas brilhante.
Sensato sou, que o pego, piso e mato
no mato, no ar, no cu que seu
e vivo...

Dana da vida

Vamos devagar a vagar,
sempre, sempre procurando estar adiante, confiante e junto ao amor.
De mos dadas, entrelaadas;
negras,brancas,amarelas
sem jamais buscar querelas,
sem lembrar sequelas.
Ilhai e olhai-vos,
como somo todos iguais, cercados de ideais.
A vida febre, doce amargura, candura.
vontade de viver sem se convencer.
a roda viva da vida nossa, da cantiga de roa, ou da casa nostra s mordomias banais das hastes patronais, assim dizem os anais.
Da gente, de gente, vivida e sofrida, bendita e perdida, merc da vida, vencida.
Isso viver?
Prefiro no nascer.
Morrer.

biografia:
Jssica Eleodoro

Nascida em Aracaju, no dia 18 de 1980 iniciou seus estudos em pedagogia e desde ento tem se dedicado a pesquisas em pedagogia musical. Alm dessa especializao, tem extremo interesse pela escrita e h pouco tempo tem se aventurado pelo mundo da poesia.

jessicaeleodoro@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s