s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Jady Alves Oliveira
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
CONEXO!

Um dia sem conexo contigo eu passo a ter miragem
Em cada gosto sinto voc, cada rosto reflete tua imagem
A tua suave lembrana est tatuada em minha alma
Meu corpo te chama meu corao em vo se acalma
Meu olhar divaga, admirando tua desejada escultura
Meu dia se aclara depois de uma longa noite escura
Este meu corao se descompassa e em cada batida,
Com voc l dentro, dando pleno sentido minha vida
Quando sinto pulsar assim este meu [teu] corao...
Percebo que ocupas todo espao da minha emoo
Como posso me desligar e no pensar tanto em voc?
S voc tem o dom de mexer com meus sentidos, e s;
Cada partcula da minha pele est conectada no teu desejo
Tudo que precisamos unir os plos num excitante beijo
Porque cada fragmento do teu corpo me inspira poesia
E aspiro o ar a minha volta todo repleto da tua magia
voc meu rei minha estimulante fonte de inspirao
Minha terna lembrana, minha mais louca excitao
Pensar em voc faz parecer o dia assim to lindo
E mesmo sem sequer tocar-te eu vou te sentindo...
Sinto o teu calor queimando-me na tua ausncia
Voc pra mim blsamo e cura qualquer doena
Amor, tudo que bastaria reduzir essa distncia
Saciar o meu no teu desejo e acalmar essa nsia
Quero provar do teu beijo molhado e algo mais...
No teu corpo o meu colado vai trazer-me a paz
Vem saciar essa sede do meu corpo que te chama
Quero em teus lbios meu nome dizendo que me ama
Como numa sinfonia ouvindo os teus e meus gemidos
Despertando meus devaneios em lindos sonhos coloridos
Conectados um no outro, assim desse jeito meu amor,
Que tudo, tudo em nossa vida faz sentido e ganha cor!

QUANDO ESTOU TE AMANDO...

No domnio dos teus braos fortes s meu amo
Deixo-me conduzir entrego-me ao teu poder
Minhas lgrimas so de amor e em ti derramo
Sinto-me dissolvendo e nos regamos no prazer.

Dissipam-se as amarguras quando me acolhes
Em teu mar sou uma onda e deixo-me levar
Dois afogados de amor entre riso e choro
Seguimos a corrente flutuando alm mar

Em ocasos e noites de incerteza eu te chamo
Pra conter esse prazer que no se acaba
Eu te procuro e no teu corpo me derramo
Beber em ti clice que me embriaga.

Em nossos corpos tantos desejos esto contidos
Na tua boca em meio aos sabores vou te sonhando
Somos um do outro nos prazeres mais sentidos
Sou forte, mas, to frgil quando estou te amando...

LAOS ETERNOS!

Jamais se perca o brilho deste olhar.
Quando me olhas com amor e carinho.
Porque no silncio posso escutar.
Seu corao e o meu bater de mansinho.
Este amor que do sonho tornou-se verdade.
E nos fez despertar ao clarear do dia.
Na mansido do abrao s a felicidade.
Reina em nosso lar nos trazendo alegria.
Somos na verdade, dois seres to iguais.
Estamos ligados at nas horas separados.
Esta sintonia um presente divino.
Somos duas almas interligadas por instinto.
Seguimos caminhando e juntos abraados.
Seguiremos enlaados no mesmo destino.

biografia:
Jady Alves Oliveira

Minha cidade natal Curitiba/Pr.
Moro desde os meus 7 anos de idade em So Paulo, amo minha cidade e amo escrever. Abstraindo parte de mim e dos meus sonhos e transformando em poesia, nela repousa em simples versos tudo que me toca a alma.
Participei pela primeira vez pela Biblioteca Mario de Andrade no concurso de 'POESIA FALADA' e gostei, desde ento venho levando um pouco da minha poesia sempre que me possivel por esse Brasil afora...
Quem sou?
'Quem pode me revelar o espelho do meu camarim'
Leia a minha poesia e vai saber um pouco mais de mim.
Umas vezes meus sonhos noutras, sou como o vento e deixo-me levar...
Gosto de viajar absorvendo o perfume do mato e me deslumbrando coma as paisagens ao meu redor.
Viver a vida gratificante, prezo a liberdade e dou a liberdade de expresso procurando absorver e aceitar cada ser humano tal e qual ele .

jadyalvess@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s