s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Antnio Francisco Cndido
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

UM MINUTO

O que é um minuto em nossas vidas?
Na sua? Na minha? Na de todos?
Pode ser tudo,
Pode não ser nada.

Em um minuto:
Uma vida nasce,
Enquanto outra é ceifada.

Um minuto pode significar:
Uma felicidade,
Uma tragédia,
Um encontro,
Um desencontro,
Um aceno para a paz,
Uma declaração de guerra.

Um minuto em nossas vidas,
Pode significar:
Um abraço de reconciliação,
Um beijo de união,
Um ato de traição,
Um coração que pára,
Uma boca que fala.

Um minuto parece não ser nada,
Mas é tempo que não se repete,
Uma dor causada a alguém,
Uma calúnia contra um amigo,
Um encontro de dois corações,
Duas vidas se unindo em uma só.

Um minuto pode ser tudo,
Também pode não ser nada,
Depende do momento,
Da ocasião,
Da situação,
De mim, de você e de todos.

MOMENTOS

Momentos de vida,
Momentos vividos.
Momentos alegres,
Momentos sofridos.

Momentos ganhos,
Momentos ingratos.
Momentos perdidos,
Momentos sensatos.

Uma vida... Um momento,
Um momento... Uma vida.
Um momento de glória,
Um momento de recaída.

Momentos de um beijo,
Momentos de uma traição.
Beijos de ternura e carinho,
Traição a apunhalar o coração.

A vida é composta de momentos,
De momentos se compõe à vida.
Uma dor, uma cicatriz, uma ferida,
Um sorriso, um beijo, uma despedida.

UNIÃO...DESUNIÃO

União e desunião:
Caminham juntas,
Porém, em sentidos opostos.
União: cunho agradável,
Faz sorrir e cantar.
Desunião: fere e machuca o coração.

União e desunião:
Uma tem cinco letras,
Traduz sentimento de alegria, felicidade e comoção.
A outra com oito letras,
Conduz a intrigas, brigas e agressões.

União e desunião:
Faz sorrir e cantar,
Chorar e machucar o coração.
União e desunião,
Desunião e união.
Cinco vezes oito.
Oito vezes cinco.
Sempre juntas,
Em opostas direções.

biografia:
Antônio Francisco Cândido

Sou filho único e órfão de pai e mãe. Trabalho na Prefeitura Municipal de Pouso Alegre, onde presto serviço no Teatro Municipal. Iniciei minha vida pública em 1999 como Capinador de Rua, depois fui Coletor de Lixo [Lixeiro] e posterormente Gari. Tenho participado de vários concursos poéticos onde vendo sendo relativamente bem-sucedido. Obitive com a poesia \'UM MINUTO\' o quarto lugar no 1° Concurso Internacionalizando \'O Jovem Escritor\' em Vespasiano, Belo Horizonte, posição que me conferuiu uma Menção Honrosa e a tradução da mesma para o idioma espanhol. Com a poesia \'MOMENTOS\', fiquei em entre os 10 melhores na categoria, no Concurso Alpas XXI, A Palavra do Século XXI em Cruz ALta, Rio Grande do Sul. Ganhei uma Medalha de Menção Honrosa Com a Poesia \'União...Desunião, no 2º Concurso Nacional de Poesias Cyrilo Rodrigues de Sousa em Itajubá, Minas Gerais. Classifiquei-me em 28º Lugar com a poesia \'Viola\' em Brasília, Distrito Federal, no Concurso de Poesias Carlos Drummond de Andrade. Classifiquei-me com méritos em Porto Seguro, Bahia, com a poesia \'Contrastes\'. Embora tenho muito ainda que aprender, modesta e humildemente falando, sinto-me feliz e realizado com os trabalhos que realizo.

candidok1917@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s