s
s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Marineves Rodrigues
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Centelha

Vasculho o cu, est nublado
bem como meus pensamentos.
Penso no amor, sofro.
Penso no poder, ressinto.

Vejo a humanidade caminhar
trpega, silenciar dentro de si
o maior de todos os bens.
Cambalearem, matarem-se.

Pobre o arco-ris
da esperana humana
porque existe o vil l
que atia e engana.

O jogo do poder maior
aviltando o melhor dos sentimentos.
Ah! Pobre raa! Pobre irmo!
Melhor seria abrir a janela d'alma
e deixar falar seu corao.

Nada como a chama plena
da mais rica vibrao.
No lume ardente da centelha
repousa o verdadeiro sentido
da vida : O Amor!

Marineves Rodrigues
Rio-11-11-2008


Eu Sou

Sou a madrugada anunciando a aurora,
O espelho refletindo na luz do olhar
explicitando os sentimentos que outrora
j detinham o direito de amar

Sou como meus humildes versos
Bafejados de pobres rimas...
Rseos sentimentos a encantar
tentando exalar carismas.

Sou dama de sorriso franco
contemplando a luz do luar.
Gemendo dores em cntico
nostalgia que no querem calar.

Sou estrela cadente no firmamento
surgindo e sumindo num derrepente,
escondendo meu corao do sofrimento
rasgando o passado plangente.

Sou a lua que banha o oceano
da alma, inovando com esperanas
os sonhos do meu cotidiano
qui, prateados de bonanas.

Sou a brisa da manh fria
que envolve meus segredos
orvalhados de nostalgia
revirando meus medos.

Sou o sol de cada dia.
buscando emanar calor,
fora de viver com alegria
ainda que me falte amor.

Marineves Rodrigues
Rio-03-07-2008


Orculo de Desejo

Tenho um corao
com doces sentimentos
que afloram neste peito
clidos e envolventes.

Vivo no mundo encantado
dos eternos apaixonados,
sofri dores e desenganos
mas, so pginas viradas.

Quero num olhar de ternura
toda minha doura passar
tela mgica da candura
envolvente pintura revelar.

Beijar lbios de pssegos
sorver suave veneno;
orculo de desejos
que faz o sangue insuflar.

No delrio da fantstica
fantasia Dionisaca
repousa meus segredos
aguando sonhos perfeitos.

Marineves Rodrigues
Rio-11-12 -2008


biografia:

Maria Das Neves Rodrigues Da Silva
- Usa o pseudnimo Marineves Rodrigues.
Nasceu na fazenda Jofre em Cuiab, em 05/08/1957, filha de Joaquim Bento Rodrigues e Balbina Mendes [in memria]. Migrou de Cuiab [MT] para Corumb [MS] com seus pais onde viveu sua vida desde a infncia a adolescncia. Hoje reside no Rio a Matogrossense Pantaneira. Estudou na Escola Dom Bosco at o ginsio em Corumb/MS e depois cursou o pedaggico no colgio Odete So Paio em So Gonalo/ RJ; ingressando mais tarde na Universidade Salgado de Oliveira [Universo] onde cursou Pedagogia. Casada com Evaldo Moraes Da Silva, tem uma filha; Ellen Rodrigues da Silva. Desde muito cedo manifestou o gosto pela leitura. O lirismo a fascinava, fazendo-a sonhar em ser Escritora e Poeta. Na solido de sua adolescncia [14 anos] o que vinha da alma passava para o papel, e escondia para ningum ler. E hoje j despojada dos seus medos v seu sonhos mais profundos se realizando atravs de suas poesias imortalizadas em Antologias. Participou dos trs [3] volumes da Antologia dos Poetas Virtuais, aos quais esteve presente no lanamento do primeiro livro em Fortaleza-CE/ 2007; o segundo livro em Avar-SP /2007; o terceiro em Sto. Antonio de Pdua-RJ/ 2008.Esteve presente participando do XVI Congresso Brasileiro de Poesia em Bento Gonalves-RS em Outubro de 2008.

Tambm participou do lanamento do 1 livro da Antologia da Poemas flor da pele na mesma poca do congresso em Bento Gonalves-RS e veste a camisa representando-a no Pantanal MT / MS e So Gonalo-RJ.
Prepara-se para lanar seu livro potico solo no Rio de janeiro e dar o incio a sua carreira de poeta e qui de escritora romancista num amanh bem prximo.

marianevesrodrigues@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s
s