s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Ftima Paraguass [Cnsul - Santa Cruz de Gois]
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

DESILUSÃO

Cimento, fundamento, suporte.
A quadrelha, a fachada, a viga, a calha...
Escoa a água.

Céu coberto, perfeito:
a morada!

Construtor abrigado, laços alicerçados,
cercados, adornados de várias cores.

Pela vidraça voltada para a mata,
embriagou- se com o canto
do bem te vi.

Deslumbrado com a beleza do horizonte,
deslizando no imaginário, a imagem interior do relicário.
[...] amontoado de recordações:
Conquistas!

Cai no abismo:
Languidez e putrefação lhe acompanham.
Desgovernado, desce os degraus da fama.
Embrutecido pelo desencanto,
entristecido pelos cantos,
não mais absorve o encanto do existir.

A [parente] mente sofre!

Burlesco, ab-roga a poesia,
Incauto, abscinde a alegria

Força bruta! Empurra, puxa;
abre e fecha a porta.
Mão abrupta! Fecha [dura] entorta!

Fotos, fatos, recortes empoeirados:
deteriora!
O dia, a noite, o beijo, o açoite...
Bela a vida!
Pusilâmine a morte!

CHAMA ACESA

Um sorriso no rosto
Um adeus ao desgosto
Um aval à alegria.
Uma chama acesa
Alimento na mesa
Alma sadia

Incerteza na vida
Ao homem degrada
Emboscada perfeita
Voraz rarefeita
A fome espreita...
Insana jornada

Uma flor embalada
Pela água banhada
Saltita dançante.
Uma fome sanada
A criança agrada
Pulula ofegante

Trabalho sagrado
Dia a dia agendado
A família engrandece.
Moradia segura
Firme Estrutura
Todo homem merece

Mas será que hoje em dia
O ser humano, em agonia,
tem alguma esperança?

Um engodo total
Etc e tal...

Satânica agonia,
vive-se hoje em dia.

A quem recorrer?

Deus está enrolado:
- Pra que lado correr?
Pergunta o coitado.

Levanta um aqui
Acode outro ali
Sem enfurecer
Mas é tanto trabalho
Ele pega um atalho
Pra mais rápido atender

Mas o homem vaidoso
Sua chama não vê
Apressado e confiante
Passa sem perceber

Ouve um sussurro...
- Pare um pouco... Olhe aqui!
Deus aponta para o chão:
- Vê esta imagem imperfeita?
É sua sombra perfeita,
o reflexo de suas ações.
O homem questiona:
- Quem balbucia em meu ouvido?
- Sou eu, meu querido...
[...].

RE - FEIÇÃO

Amálgama prazerosa,
fervilhante caldeirão.

Pequenos, grandes,
lábios;

mente: ebulição.

Legumes ensopados,
corpos misturados:
suados.

Cheiro verde
galope, trote
nutrição.

Façanha,
destreza.

Volúpia... Ida, volta,
sobe, desce -
ápice!

Explosão!
Grito... Agito... Descanso:

sopa!

biografia:
Fátima Paraguassú

Nasci em Santa Cruz de Goiás.Poetisa, Musicista, compositora: artista

paraguassu.fatima@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s