s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Jailson Marques de Oliveira
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Livro

Folheando vo passando imagens
Leitura criando formas
Projetando no ar imaginaes
A vida toda ali aos olhos
pocas em pginas
Espinhos e lrios nos caminhos
Redemoinhos de paixes
Oh! Quantas iluses.
Trechos ignorados
Escritos sem menor sentido
Parte de um todo
Nem tudo so flores...
Personagem principal
Misto de vilo e heri
Tema do enredo
s vezes confunde
Caminho sem rumo cu ao fundo
Histria avana imprevisvel
Cansada a vista adormece
Na mente se passa o mundo
Livro fechado capa ferrugem
Em letras maisculas
Passado presente sem futuro
Best-seller espalhado no escuro.

Outono

Aquela brisa soa cheia de lembranas
Os pensamentos em suas ondas se vo
Colheita de tempos encravados na memria
Eufricos e belos momentos da historia
No rosto rugas marcam a pele
Antecede a velhice que chega bem recebida
Ao cair das flores que marcam o outono
Desfolham pginas da minha vida

Pressagiando l no alto do sombreiro
Bem-te-vi salda nova estao
Insistente gorjear sibila no ar
A poesia reveladora nas asas da emoo.
Pairam no ar palavras em versos
Ventos agora revoltos tangem pra longe
Redemoinhos de folhas fazem piruetas
Na poeira do tempo foi-se o vero.

Viglia

J no durmo, mais que mundo!
Pelo menos o meu derreteu
Madrugada em desuso
Meu grito sem eco
De volta bate porta
Interessante! Tantos acontecimentos
Invisveis no respondem
Nada em vista
L fora a brisa indiferente
Passa toda contente
Lua mingua intrigante
Logo se esconde
Nuvem passageira
A vida besta
Debrua na janela sem eira nem beira.

BIOGRAFIA:
Jailson Marques de Oliveira [Jamaveira]


Gerente Administrativo, natural de Joo Pessoa onde nasceu em 1954 e reside.
Desde jovem sentiu o prazer pelas letras escrevendo poesias, satisfao que o acompanhou sempre. Mas s em 1996 decidiu expor seus trabalhos. Participando, ento, de alguns concursos literrios, tais como, I Concurso de Poesia da Biblioteca do CAAP - Editora Imprell Ltda. PB. 1996 - com os poemas: dolo Maior e Descaminhos, publicados na Antologia Fragmentos Poticos.
20 Antologia: Poetas Brasileiros Contemporneos - CBJE Rio de Janeiro 2005 com a poesia: Horrvel.
26 Antologia de Poetes Brasileiros Contemporneos CBJE Rio de Janeiro 2006 com a poesia: Paraso.
Jailson poeta publicado no Panorama Literrio Brasileiro 20/05/2006 'As 100 Melhores Poesias de 2005' - BrLetras/CBJE 12/2005 - Poema: Horrvel - Jailson teve, tambm, o seu poema 'Brutal' selecionado para a edio 2006 do Livro de Ouro da Poesia Brasileira BrLetras/CBJE - Maio 2006.
Antologia Potica - Os donos da vida - CBJE Rio de Janeiro RJ. 2006 - Poesia classificada: 'Sem roupa'

marxveira@oi.com.br
jamaveira@ibest.com.br
www.recantodasletras.com.br/autores/jamaveira
sanguepoetico@yahoogrupos.com.br
www.notivaga.com.br/mpa?autor=jamaveira
www.apoesia.net/jamaveira
jamaveira_marx@hotmail.com

jamaveira@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s