s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Marcos Santos
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
SEM QUERER

Eu no queria te amar, eu no queria devotar a voc o to grande amor que hoje sinto em meu peito a doer;

Eu no queria te querer, eu no queira acordar todos os dias e sentir que no fim de tudo eu inda gostaria mais e mais de voc;
por isto que te peo perdo...

Peo-te perdo por tanto te desejar, por tantos poemas apaixonados te mandar, por tanto sonhar em um dia em meus braos te encontrar;

Eu queria me desculpar com voc, te pedir desculpas por ter um corao to bobo quanto o tenho, por agir, em minha embriagues utpica, de forma insensata e impensada com voc.

Perdoe-me, te peo, por um dia, ter sonhado com voc, por ter acordado as noites com voc em minha mente;
Perdoe-me por minhas noites mal dormidas, por meu apetite perdido, por gritar para meus amigos e para o mundo que eu estava apaixonado por voc;

Perdoe-me por ter agido como um idiota, um paspalho, um asno, um animal ridculo e sem compreenso alguma;

Perdoe-me por eu ter, de todas estas formas, agido com voc;

Perdoe-me por eu no conseguir me perdoar;

Mas acima de todas estas coisas, te rogo, me perdoe por te amar.

SONHOS

Estou cansado. Exausto de tanto lutar quando minha nica vitria a dor e o meu bem em ganho a morte.
Pessoas sonham com vida, alegria, paz, amor... Mas dando a carne ao fogo, o pescoo a espada, o sangue ao vingador, nada temos seno o triste fim de todo ser mortal que o doce abrao da escurido e o suave aroma de uma cova semi-aberta.
Oh, criaturas irracionais, ser que no percebem que a luta s vai os levar ao sofrimento?
Olhem para mim e vejam o resto de um ser que empunhou a espada batalha e a vida ao devastador em busca de um ideal de ambies e glrias e hoje sou um cadver vivo caminhando sobre a terra.
Maldita gerao de inconseqentes, que no desejam nada seno sonhos ilusrios!
Dbeis criaturas! O amor converteu-se em ganncia e ningum, eu disse ningum, ama mais algum se no a morte.
Esta minha amada, ao menos ela me quer e eu a beijo e ela me chama e eu a atendo.
Em minha juventude fui desejado por muitas mulheres, hoje as desprezo e sou detestado e quero permanecer assim.
Meu futuro o abismo, meus padrinhos so as trevas e descerei cantando ao cemitrio.

PASSARO - HOMEM

O dia amanheceu escuro, chuvoso;
Forando-me a ficar na melancolia desta casa observando os multiformes estgios da chuva.

Seria ela o paradoxo da natureza?
A clula matriz de toda a criao?
O ncleo homeoptico de uma bomba nuclear?

Pessoas caminham tranqilamente nas ruas e passam diante a minha porta, enquanto eu apenas as observo escondido por trs dos portes desta melanclica habitao em preto-e-branco - grades da minha solido - e mantenho-me assim:
Um pssaro preso em sua gaiola sepulcral.

biografia:

Marcos Santos
, tenho 23 anos, sou tcnico em agropecuria, estudo, trabalho; nasci e me criei na cidade do Natal, mas sempre tive uma grande paixo, eu sempre amei a escrita e a leitura. Sempre foi meu grande prazer e minha paixo escondida que somente eu poderia saber, tocar, sentir seu cheiro e seu gosto. Hoje, no diferente de anos atrs, esta ainda e sempre ser meu verdadeiro amor o qual nunca se apaga e nem esquecido como tempo. O amor de um menino, o amor de um escritor. O meu primeiro e nico amor.

mks.santos@yahoo.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s