s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Rogrio Dias
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

Sagrados Segredos

A mala que guarda sagrados segredos
Os livros, brinquedos, as traças, cupim
As velhas cantigas de vozes em coro
Lembranças alegres de tempos sem fim

Crianças libertas de vil preconceitos
Nem pensam direito, sem rumo, é assim
Mas andam felizes sorrindo pro vento
Cantando e brincando sem tempo ruim

Saudades dos banhos, nos rios e lagos
Nadando e brincando pescando anequim
Sussurros e gritos vagueiam nos ventos

Riscando as escritas do meu folhetim
Estórias e sonhos guardados na mente
Deslisam no tempo, deixadas por mim.

Rogério Dias

Vil Estrupo

Há cinco séculos o Brasil convive
Com um tal povo chamado lusitano
Nos descobriram e hoje somos alvos
Do holandês, do gringo e do tirano

Somos escravos, índios em extermínio
Nossas riquezas foram explorando
Virgens fronteiras de tão vil estupro
São invadidas num cruel desmando

Lutas do povo, heróis das Gerais
Salvaram honra, a história enganando
Velhas memórias de nossos ancestrais

Sentado ao banco, a pátria confessando
Ao nativo execrando e o ouro aos rivais
Assiste nossa gente, a miséria herdando.

Rogério Dias

Néctar das Flores

Verde, imponente, esbanjando o néctar das flores,
Solta no meu ar o perfume suave de tua essência nata,
Exalando-se em minha aura teu delicado cheiro de amor,
Alterando a turvez de um sentimento embaçado, orvalhado,

Respingando em meu rosto um débil sussurro, gotas de ar...
Sinto a pele contrair-se, os pelos se elevam de tanta energia
E o cheiro das flores me invade numa tempestade de olor.
Foge o desalento e um coração volta a pulsar com harmonia.

Contemplando-te nas passagens, paisagens, rápidas, bruscas,
Admirando-te pela beleza que antes me inquietavas,
Sinto teu cheiro, o agito de teus galhos, vento a desfolhar-te.

Não a perderei, mesmo embaçada, distante contemplo tua evolução
Parecendo uma ilusão, vulto que se movimenta no silêncio inerte,
Vento trará sempre o perfume e tuas folhas eternamente me inquietarão.

Rogério Dias

biografia:
JOSÉ ROGÉRIO DIAS XAVIER
, artista plástico e poeta, nascido em 23 de outubro de 1943, na cidade de Martins-RN.

Membro de uma família de dezessete filhos, desde adolescente, incentivado por sua mãe e seus irmãos, de forma autodidata, aprendeu a desenhar.

Desempenhou ao longo da sua vida inúmeras profissões nas áreas: comercial, bancária, educacional, política e principalmente artístico-cultural;

Exerceu atividades bancárias no extinto Banco de Mossoró S/A;

Em 1971 criou a escola de datilografia denominada Dat rápida, ao mesmo tempo em que exercia e desenvolvia atividades na área de serigrafia, esta última incentivada por seu pai;

Iniciou-se nas artes plásticas, realizando várias exposições na \'Galeria de Arte O Mossoroense\', no SESC e no SENAC, tendo sido apresentados trabalhos, que envolviam telas e peças em cerâmica;

Em 1982, foi candidato a Vice-prefeito de Mossoró-RN;

Em 1988 foi vice presidente municipal do PT - Partido dos Trabalhadores;

Fundou em 1989 a AUGE - agência de Publicidade, trabalhando com criação de layouts, folders, logomarcas para diversas empresas da cidade de Mossoró e do Estado do Rio Grande do Norte, além de prestar assessoria em campanhas políticas e sobretudo apoio nos mais diversos eventos culturais da cidade;

Direcionou sua arte para a pintura em madeira, pirografia, couros, cordas e poesia;

Nas artes plásticas utiliza-se de trabalhos com traços indígenas associados a materiais que incluem inclusive areia, tendo realizado exposição na Capitania das Artes - Natal -RN, no ano de 2001;

Em 2001, organizou em parceria com Isaura Amélia de Sousa Rosado Maia e Janssen Kladno Nascimento Dias Xavier a exposição denominada \'Dix-Sept Rosado 5 meses de Governo - 50 anos de História\';

Atual Vice-presidente e membro fundador da POEMA - Associação dos Poetas e Prosadores de Mossoró;

Colunista da revista Papangú, até Julho de 2005;

Publicação de vários artigos na imprensa mossoroense e estadual, como colaborador;

Em outubro de 2005 concluiu o seu livro de poesias, Êxtase da Omissão, publicado pela Coleção Mossoroense, da Fundação Vingt-un Rosado;

Membro integrante do Comitê da candidatura de Mossoró à Capital brasileira da Cultura - 2007.

Curriculum atualizado em Dezembro de 2006
Natal- RN -

halamid@hotmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s
s