s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Maria Anglica Bernardes dos Santos Cnsul - Estado Minas de Gerais
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia

CARREGADORES
Bilá Bernardes

Quando era criança
me indignava
com fotos e fatos
de pessoas humildes
transportando liteiras
carregando a elite
pelos caminhos

Meu coração pequenino
questionava:
Como poderia existir,
trabalho tão vil?
pessoas obrigadas
transformadas em instrumento
sem vontade
desejos esquecidos
esquecerem que eram gente?

Volto hoje a ver as cenas
que a História me assombrara
Não são pessoas que carregam agora
É a dor do desemprego
É o peso da exclusão

É a opressão das cidades
É a limpeza do mundo
em suas mãos calejadas
em seus corpos cansados
esculpidos ainda meninos
carregando cargas
maiores que o peso esperado

Hoje não mais
escravos de senhores
ainda carregam a elite
são escravos de um sistema
que arrebata dignidade
e distribui
cada vez mais dores.
Será que percebem
que não é opção?

SURDEZ

Ensurdecedor
o barulho dos canhões
Ensurdecedor
o som das bombas
que caem
sobre o oriente médio
Ensurdecedor
o som das mortes silenciosas
em periferias de nossas
cidades
Ensurdecedor
o grito mudo
de quem silencia denúncias
de abusos
em todos os espaços

Ouçam o silêncio!
Ouçam o que ele grita!
Ouçam o que denuncia!

A morte do pensamento
sangra mais
que os noticiários dos jornais

PARA APRENDER

Para Aprender
alfabeto
ou qualquer outro
dialeto ou objeto
não basta estar alerta
não basta o concreto

Para Aprender
e transformar
conhecer em saber
não basta decreto
muito menos resolve
ficar quieto
em atitude correta

Para Aprender
qualquer coisa
que lhe afete
marque, transforme
e se construa projeto
há que circular
o afeto

Bilá Bernardes

biografia:

Maria Angélica Bernardes Santos
- Bilá Bernardes - nasceu em Santo Antônio do Monte.
Em 1970, mudou-se para Belo Horizonte onde trabalhou como professora,
tendo se aposentado em 2005.
A partir de 1995 atua, também, em atendimento clínico psicopedagógico.
Participou de duas antologias no XIV Congresso Brasileiro de Poesias, em Bento Gonçalves.
Tem três livros organizados e nenhum publicado, por enquanto,
pois como boa mineira, não tem pressa.
Tem poemas publicados nas antologias POESIA DO BRASIL, vol 4, POETAS DO CAFÉ, ambos com lançamento no XIV Congresso Brasileiro de Poesia. Na revista EPsiBA, nº 12, Buenos Aires, Argentina, Outubro de 2006 foi publicado seu poema Saber Hiperativo.
Tem levado, quinzenalmente, seus poemas em recitais em escolas públicas de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.
Sua poesia circula, também, entre os amigos, comunidades, sites, blogs e poetas da internet.


bilapsi@gmail.com

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s