s
s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Belvedere Bruno [Cnsul - Niteri - Z-Sul-RJ]
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Vos
Belvedere

Um bem-te-vi nesta manh
no cantou.
O sol se escondeu...

noite, uma estrela parecia brilhar,
mas logo se esquivou.

Risos desapareceram.

Um silncio imponente
ocupou o espao onde antes
habitava um menino
que voou...

Tragam teros, poemas,
hai-cais, leo ungido,
cantos de corais...

E Paz.

Fica!
Belvedere

Peo que no vs.
Fica mais um pouquinho.
Como passarei os dias
sem ouvir teu riso e sem fitar
o verde- musgo de teus olhos?

Peo que no vs.
H um chamado do mar, do sol,
das flores, [sobretudo das azalias],
pedindo que fiques.

Por isso, no vs!
Dize-me que nada do que falam
verdade,e que nunca houve
prenncios de partidas...


Um poema simples
Belvedere

Amanhece. Debruada
janela, vejo o movimento
dos pescadores.

H contagiante energia.
A monotonia, se passa,
no encontra onde estacionar.

Por alguns minutos,
sonho pertencer
a to vibrante universo.

Integro-me, desatando os ns
que me prendiam
opacidade dos meus dias.

Biografa:

Belvedere Bruno
nasceu no dia 17 de outubro, em Niteri/RJ, onde reside.

Cedo despertou para as letras, fato que deve ao incentivo de seu pai, que sempre presenteou os filhos com livros, alm de ser ele um vido leitor, de quem herdou tais caractersticas.

Colunista em dois jornais da cidade, o Lig e o Santa Rosa. tambm divulgadora cultural.

belbruno@oi.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s