s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Iremar Marinho
Nacionalidad:
Brasil
E-mail:
Biografia
Cantar cigano para Garcia Lorca

Iremar Marinho

Eu tenho um nacarado no chapu,
e vai luzindo no profundo azul do cu.

Luar do sono, e quando acordo,
na viola, da menina me recordo.

Eu vejo um vu de nardos no bordel,
e guardo o sonho do poeta no papel.

Aura de estrelas iluminando
o bailado de meninas de aluguel.

Eu vejo dos cavalos o tropel,
as capas negras e o rufar dos tamboris

Vejo o poeta nas entrelinhas,
beijando a morte na mirada dos fuzis.

O barqueiro

Iremar Marinho

Sei o perigo que corres, Caronte.
Sei o inevitvel do Aqueronte.
No sei como te salvar.

Um dia no retornars
do inferno-porto.
Dante perde para sempre Beatriz.

Marinheiros

Iremar Marinho

Marinheiros no cais ainda
me falam de mares impossveis,
de correntezas que levam
calmaria de ilhas tenebrosas.

Marinheiros ainda me falam
de sedutores cantos de sereias
e de monstros capazes
de submergir o Pacfico.

Marinheiros ainda tentam
manter a aura do mar
e de suas produndezas indizveis.

Em vo,

No h mais mares-no a navegar,
nem mais terras-sem-fim a descobrir.

S marinheiros,
- sem sair de seus cais-superfcies, -
navegam suas desventuras
nos mares profundos de si mesmos.

biografia:

Iremar Marinho de Barros
natural de Unio dos Palmares [AL], residente em Macei. jornalista, publicitrio e advogado, graduado em 1976, pela Universidade Federal de Alagoas. Exerceu a funo de editor e reprter de vrios jornais, edita o site ecolgico Uniambiente.com.br.
Integrante da Coletnea Caet do Poema Alagoano, publicada em 1987, recebeu do crtico Maral Calmon a seguinte apreciao: 'Com extraordinrio poder de sntese, dizendo muito em poucas palavras, resumindo em poemas concisos um mundo de idias, Iremar Marinho de Barros uma agradvel surpresa que a coletnea nos revela. Todos os seus poemas impressionam pela maturidade'.
Tem vrios poemas publicados na Coletnea Caet do Poema Alagoano, na seo Mural de Poemas do jornal Extra - AL, e o poema 'No Mar de Cuba', no livro Freitas Neto - Prosa, Verso e Graa, editado pela Casa da Amizade Freitas Neto Cuba-Brasil.
autor, pela Chama Publicidade, da mensagem da TV Gazeta de Alagoas, comemorativa aos 25 anos da Rede Globo de Televiso, exibida pela emissora em todo o pas.
Foi homenageado com a Comenda Jorge de Lima, pela Prefeitura Municipal de Unio dos Palmares-AL. E-mail:

iremarinho@bol.com.br

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s