s
s
s
s
s
s

El contenido de esta página requiere una versión más reciente de Adobe Flash Player.

Obtener Adobe Flash Player

Carmo Vasconcelos
Nacionalidad:
Portugal
E-mail:
Biografia
MINHA RAIZ

rvore de que descendo, donde provm tua raiz?
De que cho, de que raa, de que distante pas?

Eu te interrogo... porque nesta vida
s reconheo nos teus verdes braos
meus pais, meus avs e seus cansaos.
Nas tuas folhas, como herana recebida
reconheo os rebentos meus irmos
flores abertas fecundadas entre abraos
dando frutos espalhados pelos espaos
E em tua copa frondosa vejo o corao
duma famlia enlaada dando as mos
aos seus rebentos... que outros rebentos daro

Mas... teus ramos velhos [a gema, a criao]
donde vieram, quem foram, onde esto?
Quem te plantou pela ve primeira?
Sbio ou mendigo? Rei ou peregrino?
E quem adubou tua madre feiticeira?
Diz-me quem foi e a cor do seu destino!
Se eu, de ti, rvore, s conheo a rama
deixa-me cavar fundo em tua cama
descortinar o bero de teus ocultos ancestrais
suas eras, seus credos, seus destinos fatais!

rvore de que descendo, donde provm tua raiz?
De que cho, de que raa, de que distante pas?...

***

[1. Prmio de Poesia Livre - Jogos Florais da Ordem Rosacruz-AMORC
Ano Rosacruz 3349 - Lisboa-Portugal 1996]

[No seu livro 'Geometrias Intemporais', publicado em Maio/2000]


Ver declamao da autora em
http://www.ecosdapoesia.net/

***

OBSESSO [Soneto]

Quem me dera ser lenho, musgo ou seixo
Impassvel, sem dor, sem dependncia
Do conturbado mundo ser o eixo
Erecto, sem tremor, sem turbulncia

Quem me dera ser astro, chuva ou vento
Ignorante de amor, da sua ardncia
Bastar-me o cu azul como alimento
Imune a estafome sem clemncia

Fosse eu um vegetal em apatia
Insensvel dor da solido
Que decerto o amor no buscaria...

Fosse eu despida desta obsesso
Que jamais para ele eu correria
Fosse eu oca de sangue e corao!

***

1 Prmio 'Soneto' - Concurso Literrio do Cenculo Marquesa de Valverde/ano de 1999

2 Prmio 'Soneto' - Jogos Florais da Associao
Portuguesa de Poetas/ano 1999

In Antologia/2002 do Cenculo Literrio Marquesa de Valverde


***

EQUILBRIO

Somos micro universos
do Universo Maior
e a nossa separao
do Uno Universal
gera uma onda geral
de egosmo e desamor
violncia e frustrao

Todos ns buscando amor
buscamos a unidade
com a Divina Verdade.
Essa sntese procurada
sem a resposta encontrada
nossa fonte de dor
nossa conflituosidade
como clula solta
que toa sem identidade
degenera e se revolta

S quando compreendemos
em nosso saber disperso
a Lei do Sum Universo
seu propsito e inteno.
Somos receptores plenos
da sua fora regente
regrada e inteligente
que ruma evoluo

S assim direccionados
de um novo cdigo munidos
caminhamos reforados
confiantes, instrudos
Usamos sinais vermelhos
para excesso de velocidade
das vs paixes dos sentidos
e travamos a vontade
de nossos defeitos velhos
Orgulho, inveja, vaidade
tm sinais proibidos!

S quando compreendemos
em nosso saber disperso
a Lei do Sumo Universo.
A conviver aprendemos
com tristezas e alegrias
refreando euforias
dominando frustraes
superando duros factos.
Pesando as emoes
numa balana aferida
no deixando que um dos pratos
nos faa tombar na vida

S quando compreendemos
em nosso saber disperso
a Lei do Sumo Universo.
Deixamos vibrar, serenos
o Esprito e a Matria
numa frequncia certa.
S assim alcanaremos
com a alma leve e desperta
a Suprema Dimenso
Pura, Divina e trea!

[Acoplado Conferncia 'O Homem e o Universo',
feita pela autora na Livraria-Galeria Verney, em Oeiras-Portugal, ano 2003]



biografia:

NOME: Maria do Carmo F. de Vasconcellos Figueiredo
NOME LITERRIO: Carmo Vasconcelos
NATURALIDADE: Lisboa - Portugal


Carmo Vasconcelos desde sempre cultivou a paixo pela leitura e pela escrita. autora de um livro de poemas intitulado 'GEOMETRIAS INTEMPORAIS', publicado em papel no ano 2000, e tem outros livros de poemas aguardando publicao, bem como um romance, palestras, conferncias e ensaios.

E-Books: 'O VRTICE LUMINOSO DA PIRMIDE' [Romance, 2 Volumes], 'ROMPENDO AMARRAS', 'MEMORANDO DE FOGO', 'DESPIDA DE SEGREDOS', 'LUAS E MARS' e 'SONETOS' [Poemas], editados por Del Nero Virtual Bookstore.
http://www.delnerobookstore.com/bibliotecas_virtuais/carmo_vasconcelos

Inditos, muitos, alguns espalhados por jornais e revistas e inseridos em diversas Antologias. Pela sua participo em vrios Jogos Florais teve o privilgio de ganhar numerosos prmios e menes honrosas.

membro da Associao Portuguesa de Poetas [onde j integrou os Corpos Directivos] e do Cenculo Literrio Marquesa de Valverde, nos quais j colaborou como jri de concursos literrios. Participante assdua dos encontros da Associao Fernando Pessoa, em Lisboa, a foi distinguida com um trabalho de sua autoria, intitulado 'A FASE MSTICA DE FERNANDO PESSOA'.

Membro do Projecto Cultural ABRALI - http://www.ABRALI.com

Amante da Filosofia e da Psicologia, eterna buscadora, estudante de esoterismo e misticismo, membro da Ordem Rosacruz-AMORC [Grande Loja do Brasil], onde teve a honra de ser nomeada 'Mestre Auxiliar' e, mais tarde, indigitada para 'Mestre' [cargo que no aceitou], do Captulo AMORC de Lisboa, que ajudou a inaugurar em 1979.

Entre outras, proferiu uma palestra na Livraria-Galeria Verney, em Oeiras, [Portugal] que teve por tema 'O HOMEM E O UNIVERSO' e na Net, uma confrncia, seguida de debate, intitulada 'REENCARNAO, CARMA E EVOLUO'
Ver em: http://groups.msn.com/ECOSDAPOESIA/conferncias.msnw

A par da sua escrita tem-se dedicado traduo e reviso literria de obras portuguesas e estrangeiras. Autora de vrios Prefcios.

Participante de vrias Antologias, as mais recentes:
'A Nossa Antologia' [Associao Portuguesa de Poetas/Lisboa-Portugal/2005]
'O Futuro Feito Presente' [Ecos da Poesia/Abrali - S.Paulo-Brasil, Abril/2005]
'Terra Lusada' [Projecto Cultural Abrali/Abrali - S.Paulo-Brasil/Julho/2005]
'Dois Povos Um Destino' [Ecos da Poesia/Abrali - S.Paulo-Brasil, Junho/ 2006]

Alguns stios da Autora:
http://www.abrali.com/ecosdapoesia/escritores/carmo_vasconcelos_prefacio.htm
http://www.abrali.com/ecosdapoesia/escritores/carmo_vasconcelos_notas_finais.htm
http://www.delnerobookstore.com/bibliotecas_virtuais/carmo_vasconcelos
http://www.usinadaspalavras.com/index.html?p=textos_autor&aut_id=119
http://www.recanodasletras.com.br/autores/Carminho
http://br.groups.yahoo.com/group/o_forum_dos_mestres_aprendizes/
http://www.saladepoetas.eti.br/efigenia/amigos_poetas2/portugal.htm
http://www.ferool.info/carmovasc.htm
http://www.sardenbergpoesias.com.br/poesias_de_amigos/
http://groups.msn.com/ECOSDAPOESIA/espaoportugus.msnw http://groups.msn.com/ECOSDAPOESIA/romanceemfolhetim.msnw
http://groups.msn.com/ECOSDAPOESIA/conferncias.msnw
http://groups.msn.com/AssociaoPortuguesadePoetas
http://www.cecypoemas.com/amigos_poetas.htm
http://www.ruipais.com/carmo_rui.htm
http://www.joaquimevonio.com
http://www.ecosdapoesia.net/

 

Desarrollado por: Asesorias Web
s
s
s
s
s
s